,

Macrobentos de Fundo Inconsolidado

 

 

Período: 1997-1998

Fonte dos Dados: Heitor, S.R. 2002 Composição e distribuição da macrofauna bentônica em áreas sob influência dadisposição oceânica de esgotos municipais na Baixada Santista e no Canal de São Sebastião, São Paulo, Brasil Tese de Doutorado, Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo

Resumo

Estudou a área de mar aberto dos município de Praia Grande e Santos (Fig. 1).

Figura 1  – Pontos de coletas de macrobentos realizadas por HEITOR, S. R. nos municípios de Santos, Praia Grande e São Vicente.

 

Objetivo do Estudo - conhecer a composição e distribuição da macrofauna bentônica em Mongaguá, Praia Grande, Baía de Santos, Enseada do Guarujá até as proximidades do Canal de São Sebastião. O estudo vincula-se às áreas onde ocorria disposição oceânica de esgotos municipais pela SABESP. Teve como objetivo analisar as associações de espécies e suas possíveis relações com as variáveis ambientais. Concentrou-se na área costeira de mar aberto, localizada na plataforma continental interna. As estações de coleta foram distribuídas entre 3 e 5 radiais com  profundidades variando entre 4 e 27.

 

No. de Estações de Coleta: 20 em Mongaguá/Praia Grande, 12 na Baía de Santos e 13  na Enseada do Guarujá.